Pular para o conteúdo principal

Cœur de pirate || Place de la République [vidéoclip officiel]



Place de La République

On s'est connu le temps de plaire
Aux exigences qu'on s'est créées mais on s'y perd
Tu n'es qu'à quelques kilomètres
Et nos coeurs, nos coeurs sont restés dans cette mer
J'ai couru en longeant la seine
En espérant te retrouver, la main sereine
J'ai couru sans savoir comment
Ni pourquoi on s'emballe
On s'est connu qu'un moment

Et je ne sais plus si tu en vaux la peine
C'est plutôt dur d'en être certaine
Et quand tu seras à Vincennes
Ce soir ne m'oublie pas
Je t'attendrai au moins le temps de dire
Que j'ai voulu prendre le plus grand risque
Un sol qui m'a rendue bien triste
Un soir Place de la République

Et comme tu vois c'est bien la fin
Je dois traverser l'océan demain matin
De tes bras, je m'arracherai tout doucement
Et c'est la réalité qui m'attend
Je sais ton coeur est habité
Par une ou d'autre fille qui t'ont marquées
Moi je suis moins forte que les autres
Mais j'espère tant te manquer
Tant me démarquer

Et je sais plus si tu en vaux la peine
C'est plutôt dur d'en être certaine
Et quand tu seras à Vincennes
Ce soir ne m'oublie pas
Je t'attendrais au moins le temps de dire
Que j'ai voulu prendre le plus grand risque
Un sol qui m'a rendue bien triste
Un soir place de la république

Praça da República

A gente se conheceu nos bons tempos
às exigências que nós nos criamos mas nós nos perdemos
Você está a apenas alguns quilômetros
e nossos corações, nossos corações ficaram nesse mar
Eu corri pelo rio
na espera de reencontrar a alma serena
eu corri sem saber como
Nem porque nós nos entusiasmamos
a gente se conheceu apenas há um momento

E eu não sei mais se você vale a pena
Já é muito difícil de ter certeza
E quando você estará em Vincennes
Esta noite não me esqueça
Eu te esperarei pelo menos o suficiente para dizer
que eu quis tomar o maior dos riscos
Uma noite que me deixou bem triste
Uma noite Praça da República

E como você vê, é bem o fim
eu tenho que atravessar o oceano amanhã de manhã
dos seus braços, eu arrancarei tudo docemente
e é a realidade que me espera
eu sei que seu coração é habitado
por uma garota ou outra que te marcou
eu sou mais fraca que as outras
mas eu espero tanto te fazer falta
tanto me destacar

E eu sei mais que você vale a pena
Já é muito difícil de ter certeza
E quando você estará em Vincennes
Esta noite não me esqueça
Eu te esperarei pelo menos o suficiente para dizer
que eu quis tomar o maior dos riscos
Uma noite que me deixou bem triste
Uma noite praça da república


Link: http://www.vagalume.com.br/coeur-de-pirate/place-de-la-republique-traducao.html#ixzz2pd4PEkEm

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Deixa

Deixa vir esse cabelo no rosto
essas lágrimas guardadas
essas palavras não ditas
que te entopem.

Deixa,
Deixa nascer um espaço entre n-ó-s.
para que alguém possa respirar
depois de uma crise de choro.

Deixa,
Deixa o tempo andar devagar
e te olhar
para ver como é que você está se fazendo
se moldando, se construindo.

Deixa,
Deixa o silêncio surgir sorrateiro
trazendo a tona o barulho
que antes estava aqui

Deixa,
Deixa a sua vontade dizer firme que te incomoda o desejo
O desejo de um outro alguém
Deixa
Deixa a gente ganhar espaço,
alçar voos distantes.

Deixa,
Deixa eu pousar um instante
para recuperar o fôlego
Depois do esforço
de tentar te fazer apaixonar...

Deixa,
Deixa o espaço se fazer entre nós
e quando ele tiver se instalado
a gente olha.

Sara.

Soberana.

A gota que ferve na palma da mão.
O abraço apertado dançante.
O beijo, o cheiro
o sorriso gigante.
Quem é você
que chegou nesse instante?

Os olhos castanhos-verdes me fitam
e pedem de mim um apreço.
Eu reluto, mas me entrego
pois permaneço.

O laço que prende
a obrigação que chama
o meio sorriso de canto presente.

Um nós abrupto,
ininterrupto
desconcertante

Houve um atropelamento,
mas estou gostando deste asfalto.
Eu ganhei um beijo no asfalto*

Eu tenho uma mala comigo
Ela é pesada
Nada impede que não a machuque.

Confusão é uma palavra presente.
Desconcerto, cuidado, carinho,
preocupação.
Mas e se?
Se ela voltar?
Se ele voltar?
Você machucará?
Não há respostas prontas
para futuros prováveis.
Mas pode haver?
O que fazer?

Acalma, apressa, aperta o passo.
Ela acalma a minha pressa?*
Ela apressa a minha calma.

Sara.

*Livro: "O Beijo no Asfalto", Nelson Rodrigues.
*Música: "Provável Canção de Amor para Estimada Natália", Banda Mulamba.

Contraponto.

Foi quando um contraponto aconteceu...           Meu andar altivo encontrou seu andar ensimesmado Meu olhar furtivo encontrou seu olhar doce. Minhas longas conversas encontraram suas perguntas profundas e certeiras. Foi quando eu vi a idade da minha alma Ao me deparar com a idade da sua. Foi nas nossas conversas inteligentes que vi os nossos interesses em comum. Foi quando você segurou minha mão, que eu percebi o tamanho do meu passo. Assim que você se mostrou confusa eu vi nascer a certeza da impermanência entre nós. Nós somos um contraponto, Que ora se encontra, ora se distancia. Mas seu sorriso terno E meu olhar amoroso se misturam Quando a gente se olha no começo do dia. Minha alta exposição encontrou seu mistério. Minha mão encontrou seu cabelo E sua boca a minha orelha E foi amor à primeira vista entre eles. Mas também foi onde você não me prometeu a eternidade E eu aceitei a transitoriedade
de nós. Foi quando aconteceu A minha intensidade encontrou o seu breu E se dissipou, s…